Quem sabe de quem é?

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Conheci essa maravilha aí abaixo através do poeta Diomedes Mariano. Ele não conhece e autor e eu até hoje também não. Alguém aí pode ajudar?

A estudante, a casada e a perdida
Num tempo que vai longe em minha vida
E que eu lembro muito bem mesmo distante
Três amores eu tive: uma estudante
Uma mulher casada e uma perdida
A estudante eu amava afoitamente
Antes da escola mal o sol nascido
A casada na ausência do marido
E a perdida depois do expediente
Era no tempo das imagens belas
Escrevi um poema certa vez
Um poema inspirado em uma delas
Mas fiz três cópias para dar as três
E as três choraram de emoção profusa
Cada qual se sentindo retratada
Cada qual chorou lágrimas de musa
A estudante, a perdida e a casada
Assim algo encontrei de semelhante
Nos diversos amores desta vida
Que a casada tem algo da estudante
E que as duas têm muito da perdida.

3 comentários:

Tambem não sei quem escreveu , mas quem escreveu com certeza teve as tres e com mais certeza ainda ficou sem elas, mas com certeza ele era doido pela perdida que com certeza não achou nas outras duas.
No meio de tanta certeza só restou pra ele a solidão...

Um abraço moraisinho...

Brenon Nunes de Freitas disse...

É de Giuseppe Ghiaroni, Mineiro da cidade de Paraíba do Sul. Poeta e Jornalista igualmente a você meu caro...Um forte abraço.

Keyla disse...

Para se viver neste mundo tão repleto de problemas e contradições se não tivermos um pouco de cada uma dessas mulheres não vivemos,a vida que nos leva!

Postar um comentário

 
 
 
 
Template modificado por WMF-Mídia Design | (87) 9918-2640 / 9620-2552