Mais buracos!... Ôh, mais versos!

quinta-feira, 29 de julho de 2010

De Afogados a Tabira

Não tem buraco; é cratera,

Tranquilidade já era

Cada dia aumenta a ira.

Odorico, em Sucupira,

Prezava mais o povão.

É tempo de eleição;

mas a buraqueira aumenta,

Não tem quem puxe sessenta

Nas estradas do sertão.


Elvira Siqueira

1 comentários:

bom demais!! e é pura verdade!!

Alí eu conheço bem
Estradazinha ruim
Lasquei meu carro "novim"
Eu vinha puxando 100
Buraco cabia um trem
Se acabou o rodão
Que prejuizo do cão!
Assim nem o diabo guenta!
Não tem quem puxe sessenta
Nas estradas do sertão.

Postar um comentário

 
 
 
 
Template modificado por WMF-Mídia Design | (87) 9918-2640 / 9620-2552