quinta-feira, 29 de julho de 2010

19:12 Por Alexandre Morais Sem comentários
Pra Afogados da Ingazeira

saí pra tirar o aperreio

Pois a vida na cidade
tá me torando no meio
Nunca pensei que ia

passar por tanta agonia

nesse pedaço de chão

Dor de cabeça e azia

Coceira e queimação

É o fim da alegria

diferente do que via

de andar nesse rincão

é por isso que eu confirmo

não tem quem puxe sessenta

Nas estradas do sertão


Gildazio Moura

0 comentários:

Postar um comentário