Três versos de Job

domingo, 26 de setembro de 2010

Eu comparo a nossa vida
Com o mar irritado e forte
Alguma bússola indicando
Leste, oeste, sul e norte
Dum lado a praia da vida
Do outro o porto da morte
* * *
Eu na minha mocidade
Passei o tempo indeciso
Fiz do mundo um purgatório
Desta vida um paraíso
Depois ocultei meu pranto
Pra desmanchá-lo em sorriso
* * *
Se o pranto é irmão do riso
Nascidos do mesmo amor
Tanto me faz eu está rindo
Como sentindo uma dor
Que o sofrimento é da vida
Como o perfume é da flor

1 comentários:

mfmarcolino disse...

Tres Versos de Jo, valem por vários Livros, de quem não tem paciencia.
Parabens Alexandre pelo Blog.
Lindo!

Postar um comentário

 
 
 
 
Template modificado por WMF-Mídia Design | (87) 9918-2640 / 9620-2552