Sé merece receber quem aprende a se doar

sábado, 13 de agosto de 2011

Este soneto fez parte do Ofertório, na celebração da Noite das Escolas - Festa da Padroeira N. S. dos Remédios - Tabira. Eu o declamei no momento em que as ofertas eram conduzidas ao altar.

Dedé Monteiro

Ofertório

Ofertório – hora sagrada
Que glorifica a pessoa
Que, quando oferta, se doa
Junto da coisa ofertada.


Hora abençoada e boa,
Que deixa santificada
A alma que se abençoa
Na doação praticada.


Só quem oferta e se oferta,
De alma totalmente aberta,
Feliz e agradecida,

Dá seu próprio coração
Ao Senhor da criação,
Com oferenda de vida!

0 comentários:

Postar um comentário

 
 
 
 
Template modificado por WMF-Mídia Design | (87) 9918-2640 / 9620-2552