Manoel Rafael Neto

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

O Desembargador iguaracience Manoel Rafael Neto (1933 – 2011) foi um pesquisador da poesia popular e talentoso poeta com vários trabalhos publicados. Seus serviços como Desembargador renderam-lhe o título de Cidadão Recifense. Em 1959, foi formado Bacharel em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco.
Despediu-se do Tribunal de Justiça de Pernambuco em julho de 2003. Como poeta, é autor dos livros "As Glosas de um Magistrado", "Meu Mundo de Glosas" e "As Glosas do Terceiro Livro".
Admirador de Pinto do Monteiro, um dia chegou à casa do poeta, em Sertânia, e, depois de almoçar, deu ao amigo o seguinte mote:

 “Comi na casa de Pinto                                                                                             Galinha com rapadura”

O grande repentista com a rapidez de um relâmpago improvisou:

“Cheguei numa ocasião
Que procurei, mas não tinha,
Nem xerém e nem farinha,
Nem arroz nem macarrão,
Fubá, bolacha nem pão,
Nem salada nem verdura,
Por não ter outra mistura,
Eu que vinha tão faminto,
Comi na casa de Pinto
Galinha com rapadura
."


Saudações fraternas do amigo,

Aristeu Bezerra

0 comentários:

Postar um comentário

 
 
 
 
Template modificado por WMF-Mídia Design | (87) 9918-2640 / 9620-2552