De Zé para Ariano

domingo, 21 de outubro de 2012

Zé Adalberto / Itapetim-PE
   


    O poeta José Adalberto, natural de Itapetim, aproveitou a passagem do escritor Ariano Suassuna por aquela cidade para agradecer-lhe, em versos, a homenagem prestada ao compositor pernambucano Lourenço Fonseca Barbosa, popularmente conhecido como “Capiba”.
 
     Ariano, de 85 anos de idade, continua viajando pelo interior com uma equipe da Secretaria de Cultura para fazer a defesa do “popular” e do “nacional”.

     Ele incluiu no roteiro a cidade de Itapetim por ser o berço de consagrados poetas como Rogaciano Leite e os irmãos Batista (Lourival, Dimas e Otacílio). Em sua homenagem, o poeta José Adalberto dedicou-lhe os seguintes versos:

I.
Por inspiração que eu tenha
Por mais sorte que eu reúna
Poder beber do carisma
De Ariano Suassuna
O meu coração me disse
Que é como se eu dividisse
Com Deus a mesma tribuna.

II.
A hora é bem oportuna
Pra dizer honestamente
Que o nosso convidado
É mais do que um presente
Com os seus contos risonhos
Esse arquiteto de sonhos
Tem realizado a gente.

III.
Eu sei que a sua vertente
Muito além da minha está
Talvez porque não nasci
Também em Taperoá
Mas, claro, de preferência
Com um pouco da essência
Que a natureza lhe dá.

IV.
Nasci aqui no Juá
Bem próximo a Rogaciano
Que promoveu o primeiro
Festival parnasiano
De poetas cantadores
Dividindo as mesmas flores
Com o nosso mestre Ariano.

V.
O nobre parabucano
Com a sua aparição
Nos pôs num teto de paz
Logo que pisou no chão
Desta cidade singela
Onde o verso se revela
Como a fé no coração.

VI.
Fica a nossa gratidão
Por ter sua companhia
Quando puder retornar
Ao Ventre da Poesia
Basta avisar ao Prefeito
Que logo se acha um jeito
De repetir esse dia.

Fonte: blog de Inaldo Sampaio / Enviado por Aristeu bezerra

0 comentários:

Postar um comentário

 
 
 
 
Template modificado por WMF-Mídia Design | (87) 9918-2640 / 9620-2552