5º Pajeú em Poesia

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012



Pia os versos de Ademar Rafael, diretamente de Marabá:

Na cultura quem mira sempre acerta
Desde um clássico composto por Sivuca
Carimbó cantado por Pinduca
Lá no sul vanerão é coisa certa
Parintins dá um grito de alerta
Caprichoso e Garantido é coisa fina
O São João das ruas de Campina
A catira lá em Natividade
A cultura é o manto da igualdade
Não destrói, não exclui nem discrimina.

Temos a vaquejada em Surubim,

Tem o fank dos morros e dos guetos
Tem a festa de peão lá em Barretos
Festival de inverno em São Joaquim
Lá em São Domingos do Capim
É surf no rio quem domina,
Em Lençóis, na Chapada Diamantina
O reisado dita o ritmo na cidade.
A cultura é o manto da igualdade
Não destrói, não exclui nem discrimina.

Quando escuto Pena Branca e Xavantinho

Gonzagão, Tonico e Tinoco
Castanha e Caju cantando coco
Vejo a arte espalhada no caminho
E um verso do sábio Canhotinho
É cultura na forma cristalina
Emitida do fundo de uma mina
Quem ninguém sabe a profundidade
A cultura é o manto da igualdade
Não destrói, não exclui nem discrimina.

0 comentários:

Postar um comentário

 
 
 
 
Template modificado por WMF-Mídia Design | (87) 9918-2640 / 9620-2552