Quando batem as seis horas

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

É só o cabra sair com uma ideia e esses doidos já levam a sério. Vê os versos para o meu mote Quando batem as seis horas:

 
Em silêncio ora a Deus
Quando chega o véu da noite
Lá do céu desce um açoite
Que protege ele e os seus
Eu também entrego os meus
A muitas nossas senhoras
Que da fé são as escoras
Que protegem nosso povo
Amanha rezo de novo
Quando batem às seis horas

Wellington Rocha


Faz-se um silêncio profundo
Aproxima-se a hora calma
É quando se sente n'alma
O ser ficar mais fecundo
No globo vil tão rotundo
Que se vive das escoras
Já farto dessas demoras
Corre a lágrima fugidia
Sentindo o peso do dia
Quando batem as seis horas

Pedro Torres

1 comentários:

Anônimo disse...

ainda nao conhecia esse site mais agora siiim,
e muito legal e esse mote e a cara do nosso nordeste.

Thamyris souuza

Postar um comentário

 
 
 
 
Template modificado por WMF-Mídia Design | (87) 9918-2640 / 9620-2552