Esta poesia que não para de me conquistar!

domingo, 21 de abril de 2013



Vejam as beleza de versos que acabo de descobrir. São do poeta Zé Saldanha, que, confesso, não conhecia.
Pois assim é a poesia, quanto mais a gente conhece coisa, mas ela mostra que a gente não conhece é nada.
Sou doido por tu, poesia!

Sou poeta sertanejo,
Sei o caminho onde passo
Tem muito poeta grande
Que nunca fez o que faço
Nem sabe tudo que sei
Nem traça o traço que traço.


A poesia me traz
As sintomáticas inclusas
De onde Camões saiu,
Tangido por doces musas
Inspirado nos acordes
Das mais doces liras lusas.

0 comentários:

Postar um comentário

 
 
 
 
Template modificado por WMF-Mídia Design | (87) 9918-2640 / 9620-2552