Mais alguns da Coletânea de Repentes Humorísticos

sábado, 6 de abril de 2013

Só é preciso uma caixa
De melhoral infantil
Um pacote de bombril
E um saco de bolacha
Uma prateleira baixa
Não precisa ser cumprida
Uma grade de bebida
E um gato que pegue rato
Uma bodega do mato
Com qualquer coisa é surtida

Manoel Francisco

Acho bom a mocidade
Não querer envelhecer
Velho ninguém quer ficar
Moço ninguém quer morrer
Sem ser velho não se vive
Bom é ser velho e viver

Odilon Nunes de França

Uma coisa se eu pudesse
Transformava sem sobrosso
A garganta de Alcione
Botava em Ney Matogrosso
Nem que fosse necessário
Um transplante de pescoço

Oliveira de Panelas

Eu não falo de mulher
Pois toda mulher é boa
Honesta ou denosnesta
Pois mesmo a mulher à toa
Se não prestar pro marido
Presta para outra pessoa

Severino Bezerra

0 comentários:

Postar um comentário

 
 
 
 
Template modificado por WMF-Mídia Design | (87) 9918-2640 / 9620-2552