Um poema de Bruno Gaudêncio

quinta-feira, 30 de maio de 2013

 

PONTE

não procure apenas
um sentido
na palavra ponte

:ela parte
extremos terrenos
e significados,

ligando/
separando
o rio do homem na memória

em sua atitude
humilde de signo
(de pedra,
madeira
ou corda)

não importa!
se frágil ou forte
ela juntafasta
os seres e objetos
para os céus antigos
do poente, -
na significância
do existir nos passos.

*

A ponte é a porta do destino.


< Imagem extraída de: http://carlitolimablog.blogspot.com.br >

1 comentários:

Bruno Gaudêncio disse...

Opa poeta, valeu pelo poema, abraçãooo!

Postar um comentário

 
 
 
 
Template modificado por WMF-Mídia Design | (87) 9918-2640 / 9620-2552