A saudade passou jogando flores

sexta-feira, 28 de junho de 2013

      Fiz este trabalho a pedido de Dedé Monteiro, sendo o mote do poeta Maciel Correia. É uma das faixas do CD O Pajeú de nós 2, que gravei ao lado de Genildo Santana.

O jardim lá de casa eu só comparo
Com o triste cenário de um velório
Nele está o perfeito repertório
Do que foi nosso amor, amor tão raro
Foram belos, mas tão em desamparo
Pois a ambos nós só os desprezamos
Só agora é que, quando conversamos
Um ao outro dizemos com rancores
Que a saudade passou jogando flores
No velório do amor que assasinamos

Não aceito mais lágrimas caindo
Nem dos meus nem dos teus olhos tristonhos
Se nós mesmos matamos nossos sonhos
O fizemos cientes e sorrindo
Se o passado foi simples e foi lindo
Foi um tempo que não valorizamos
E se ali só espinhos nós plantamos
É normal que dos talos brotem dores
A saudade passou jogando flores
No velório do amor que assassinamos

Minha vida em duas se divide
Uma antes de ti, outra depois
Se foi bom por um tempo sermos dois
Relembrar esse tempo nos agride
O futuro, talvez, que nos convide
A pensar no que antes não pensamos
Mas não quero lembrar que nos amamos
Para não espantar novos amores
Que a saudade passou jogando flores
No velório do amor que assassinamos

Se é lenda, se é mito ou se é verdade
Que o amor deixa as vidas coloridas
Colorimos demais as nossas vidas
Com as tintas da sã felicidade
Com pincéis da fiel cumplicidade
Mais que mil aquarelas desenhamos
Mas dos restos dos quadros que pintamos
A cor preta encobriu as outras cores
E a saudade passou jogando flores
No velório do amor que assassinamos

< Alexandre Morais >



2 comentários:

Brenda Suerda disse...

Bonito demais poeta!!!
Abraço.

Luiza disse...

Após escutar a declamação dos seus versos na cidade de Triunfo, vim pesquisá-los para guardar para sempre. O amor e a saudade, juntos, fortalecem a sensação paradoxal um do outro. Linda a forma como você, a meu ver, descreve a luta pela permanência do que há de belo. Pensar ou tentar entender demais é sempre um caminho perigoso.

Postar um comentário

 
 
 
 
Template modificado por WMF-Mídia Design | (87) 9918-2640 / 9620-2552