Olha a criatividade do João Alderney!

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

PREZADOS, SAUDAÇÕES.


Dois mil e quatorze de Copa e Eleição
aos bardos e amigos, desejo, e aos seus
paz e inspiração, com a graça de Deus,
quer na Capital, mata, agreste ou sertão
de sobra, saúde e dinheiro na mão
criei as MANCHETES, vão, pra relaxar
curtindo o amor sob a luz do luar
progresso da Pátria, seu povo contente
Brasil Campeão e um bom Presidente
patrícios cantando na beira do mar!

Abraços, João Alderney.

 
MANCHETES

Morreu de cirrose alcoólica, o médico
caiu da estrutura do prédio, o engenheiro
juiz de direito foi preso em flagrante
tem intolerância à lactose, o leiteiro

comprou chapa nova o dentista banguelo
o dono do açougue é vegetariano
veículo em chamas, levava bombeiros
é ateu-comunista o pai do franciscano

coveiro, atendido, tem corpo cremado
palhaço do circo está com depressão
é elétrico o carro do dono do posto
sineiro da igreja perdeu a audição

o jóquei não sabe andar de bicicleta
escada ruiu sobre o ascensorista
o guia do cego está com catarata
excede em fedor de cigarro, o florista

o cão atacou domador de leões
na Sena, enriquece o cambista ao sonhar
não teve direito, o advogado, a habeas corpus
convicto abstêmio, o dono do bar

é imberbe e careca o barbeiro da esquina
no Pão de Açúcar, infarta um padeiro
pintor de paredes pichou a escultura
no banco dos réus senta, hoje, um banqueiro

o Padre mexeu, no xadrez, com o bispo
filósofo mata a mulher, infiel
o guarda-noturno não dorme de dia
é irônica a vida... e às vezes cruel!

De: João Alderney, em dezembro ano treze.

0 comentários:

Postar um comentário

 
 
 
 
Template modificado por WMF-Mídia Design | (87) 9918-2640 / 9620-2552