Em Tabira

terça-feira, 27 de maio de 2014

     Dia 24/05 participamos de uma Mesa de Glosas, em Tabira. O evento integrou as comemorações pelos 65 anos de emancipação política do município. Bons momentos ao lado Genildo Santana, Dimas Feitoza, Zé Adalberto, Genildo Almeida, Dudu Morais, George Alves e Lima Júnior, tudo intermediado por Welington Rocha.
     Gislândio Araújo, que tava na plateia, disse que gostou quando eu me sai com esta:

Quem vai pro sul maravilha
A trabalho ou a passeio
Se sente vazio e cheio
Da solidão que humilha
Se sente como uma ilha
No meio de um mar de gente
Pra não morrer indigente
Volta pro seu natural
Quem volta ao torrão natal
Mata a saudade que sente

Mas tambem teve essa:

Um mais velho nos ensina
Que ano de 4 é bom
E veio da chuva o som
Que acordou a campina
Hoje água do chão mina
E quem não acreditou
E um São José roubou
Pode botá-lo em seu canto
Roubei tudo que era santo
E o inverno voltou

E essa:

A cana é quem me socorre
Quando a saudade agonia
Disso achei que não morria
Mas hoje sei que se morre
Uma lágrima quando escorre
Outra vem, outra derrama
Peço pra ser minha dama
Ela diz: nem por favor
Eu peço esmolas de amor
Para alguém que não me ama

E outras que o juízo não guardou, certamente pela má qualidade delas.


0 comentários:

Postar um comentário

 
 
 
 
Template modificado por WMF-Mídia Design | (87) 9918-2640 / 9620-2552